sexta-feira, 24 de junho de 2011

ÔPAIÓ, A BAHIA GANHOU UM POEMA DE PRESENTE!




Bahia é sol. Praia. Rede
É bahia de todos os santos
Vestidos rodados, bordados,
cocadas  na gamela
Berimbau  no  chão
Charge. Caricaturas
Carrancas  fechando  portas
Aguçando  a imaginação
Figas  que  falam  subliminarmente
de  promessas  e   desejos
Descontinuidades  bizarras
do  mulato  que  chora   pra...rir
Boquiaberto, em êxtase
Inebriado  com o requebro sensual
da morena de cintura fina e quadril avantajado
Sorriso de coco verde
Ladeira  abaixo ...



Esta é a Bahia
que desamarra a tenda
Corta a fita azul lá no Bonfim
entre anjos e querubins
Descendentes de Zumbi, em perfeita harmonia
Cabe tudo na Bahia
Andiara, dandara, Tiara.

A tarde cai.Olha lá. Veja lá!
O porto!
Correr, pra que? Fique aqui
Em busca da nota  magnética, dissonante, inebriante
Veja estas águas que bronzeiam os passos da doce mulata
pés de água viva, areia quente, conchas pequenas
Sereias enigmáticas, sedutoras, despojadas, atrevidas
Que importa o balanço das redes?



Bahia é utopia de pescadores descrentes, tementes,valentes
que quebram  seus chapéus, ...dolentes
Sorrisos inconstantes,equivalentes
 vão mar adentro
Como menestréis com cheiro de sal e ervas
Óleo e dissabores em parcas odisséias
Banhados pela ternura do sol poente
Mormente  o vento fresco,brisa reconfortante
de quando em vez ondas ousadas e valentes
triturando,  amordaçando, esbravejando
declinando sonetos extravagantes,
melodias, rimas dissonantes
pautadas entre o mi e o fá, sem o sustenido
em dueto com o gingado do barco-morada
desafiando os mistérios do mar, ora bravio
Vez por outra enganosamente calmo a pachorrento



Nada importa, nem o vento que castiga a pele e resseca os lábios e a alma.
A imensidão do mar tem um pouco de mim
É meu, é nosso. Eu e ele, nós e ele
Universo de mentes taciturnas
linguajar apressado, embolado, marinado
                        ÔPAIÓ
 Vera Augusto,poetisa mineira

12 comentários:

  1. Aí Verão! Parabéns! Beijos, Sandra

    ResponderExcluir
  2. Que beleza e vinda de uma mineirinha,isto não tem preço uai,Claro puxando a brasinha pra minha Gerais.Mas Salvador é toda magia mesmo, por isso estou aqui a 25 anos,kkkk.
    Parabens a Vera Augusta.
    Quem é a Vera?
    Um abração Miriam.
    Bju de luz neste São João.

    ResponderExcluir
  3. Socorro,os bons mineiros estão invadindo a Bahia.
    Mas,n/ se precisa do 2 de Julho,não,uai,é tudo gente de primeira.
    Vera é uma amiga e leitora,pessoa adorável, mas que eu desconhecia ser tão boa poetisa.
    bjks

    ResponderExcluir
  4. Fui à Bahia nos anos 80. Voltei apaixonada por ela e por um lindo baiano! rs
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  5. Maravilhei com seu poema...
    É uma Pintura Verbal
    Náo precisa nem de fotos para quem náo conhece a Bahia, pois suas palavras enche a imaginaçao da gente com imagens do inconsciente coletivo Nacional.
    Parabens, Vera.
    Amei.. bjs

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema Vera Augusto. Pelo que se vê a poetisa mineira já assimilou o peculiar linguajar baiano.Afinal a Bahia também é Minas Gerais, uai!!!

    ResponderExcluir
  7. A poetisa Vera conquistou os corações baianos pelo seu talento.
    Publicá-la foi um prazer.
    Sds

    ResponderExcluir
  8. Que lindo texto. Parabéns, Vera! Dá muita vontade de conhecer melhor a Bahia e ver de perto todas as belezas e os mistérios descritos no poema. Beijos desde Brasília.

    ResponderExcluir
  9. Verinha,
    Adorei seu poema!
    Continue escrevendo,voce leva jeito com as palavras,estou orgulhosa.
    Beijos,
    Claudia Pires

    ResponderExcluir
  10. Vera, eu e Ana Sílvia adoramos seu poema e sua iniciativa em descrever com tanto carinho seu sentimento em relação a essa terra boa e acolhedora.
    Parabéns !!!!!
    Beijos
    Alexandre e Ana Sílvia.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Bom dia!

    Gostaria de pedir que fosse acrescentada uma legenda citando a creditação da terceira imagem, a do forte de São Marcelo, que é de minha autoria.

    Desde já, agradeço a atenção!

    Abraços,
    Tito

    ResponderExcluir