terça-feira, 18 de abril de 2017

O PALACE HOTEL É FERA


                                                         TUDO QUE A BAHIA TEM DE BOM!

O QUE É QUE A BAHIA TEM?
O NOVO PALACE É FERA!
FERA PALACE HOTEL
Nossa,confesso que fiquei muito contente  com o renascimento do  Palace Hotel ,tão importante na minha juventude  e um ícone da Velha Bahia.
Quando minha mãe saía para as compras nas “Duas Américas “ou “Sloper”,meu pai aproveitava para visitar o Adamastor,uma famosa  loja de artigos masculinos e que hoje nomeia o restaurante do hotel.Se fosse um sábado aproveitávamos  para comer a feijoada.
E,por enquanto ,é sobre ele minha conversa fiada de hoje.
Assim que soube da inauguração fui conferir e fiquei encantada com a beleza do espaço , amplo,muito bem decorado e de muito bom gosto.A comida é deliciosa.Ponto para o Filé á francesa e os camarões empanados ,prato preferido de uma médica amiga,mulher de fino gosto.A frequência é nota 10 e o atendimento ,super.Os preços não são altos e a qualidade do trato e da comida  merecem ser comentados.

Soube que o hotel , também,é maravilhoso,mas,por enquanto só está aberto a hóspedes.Mas,pretendo passar lá o réveillon ,gozando a vista da Bahia de Todos os Santos.💕







LANÇAMENTO DO LIVRO DE ALCIONE EVOÁ

ÔXE!QUEM DISSE QUE A PREGUIÇA MORA NA BAHIA?

A autora,Alcione Evoá e a editora Miriam de Sales

Sucesso de vendas no lançamento


                      Acarajé,abará e água de coco.Quer mais?

                                              Então,boa música
                                               Bela decoração
                                               E um livro porreta!

                                                       DEGUSTAÇÃO

                                              TEXTO DO LIVRO

 -"Pra falar verdade,freguês,"Tiro e Queda" são os comprimidinhos que vocês compram na farmácia.As minhas ervas aqui é só "Tiro",não existe queda,se é -que o senhor me entende...
-Opa,então me dê uma boa quantidade que eu vou levar pra um amigo que está precisando.👎

                                       GENTE DA BAHIA                          

CLARINDO SILVA,ESCRITOR ,BOM BAIANO E DONO DA "CANTINA DA LUA", NO TERREIRO DE JESUS.



IN MEMORIA ,ANTONIO CEDRAZ,ESCRITOR E CRIADOR DA TURMA DO XA\XADO,ETERNAS SAUDADES!






A BAHIA DE OUTRORA EM E-BOOK



EDIÇÃO IMPRESSA


EM DVD
PECA O SEU:
E RECEBA EM CASA!
moriamdesales@gmail.com

                                GOSTOU? VOLTE SEMPRE                     !

sexta-feira, 10 de março de 2017

SOMOS UM POVO CORDIAL?


TUDO QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE A BAHIA ,MAS,NÃO TINHA A QUEM PERGUNTAR💛



SOMOS UM POVO CORDIAL?💔
Já pensei assim algum tempo atrás, já nos considerei um povo alegre e companheiro,mas,enfim,caiu a máscara e a dura realidade apareceu.
Nas ruas,nos parques,nas escolas,nas feiras livres ,nas casas de família, nas igrejas,no trabalho  as pessoas estão revelando seu lado sujo,negreiro,preconceituoso e antissocial.Deixamos cair a máscara da face e até nos sentimos mais á vontade assim,pois,quem vive  de fingimento  é ator.
A política e as crenças desencadearam esse ódio velado que sempre existiu ,disfarçado e escondido.
Para um país onde se mata mais que no Iraque ,principalmente,negros e pobres ,e a impunidade campeia porque temos uma justiça muito cordial com os mais ricos,estamos muito longe de ganharmos a olimpíada da cordialidade.
O pior é que sempre foi assim,embora mais disfarçado.Só que se falava pelas costas,se destruía reputações na surdina, se tramava pelos cantos.
Quer arrumar um desafeto? Experimente dizer o que pensa e pra que lado torce.Cansei de ouvir conversas em que a pessoa confessa ser contra os golpistas e a favor da volta de uma presidenta eleita por nós e,ao perceber os gestos e rostos desconfortáveis dos seus interlocutores,se apressa logo a dizer : - não,na sou petista,nunca fui e muito menos comunista,isso para ganhar uns olhares mais benevolentes.
Hoje, as pessoas têm vergonha de vestir vermelho,pedir uma coxinha no fast- food ou falar de democracia,que alguns entendem como governo do demo.
Nas reuniões familiares logo se impõe: -nada de discutir política ,vamos nos divertir.Se não,os xingamentos e ofensas começam e ninguém sabe onde vão parar.
Na fila do banco  é muito fácil ouvir: - Pobre ser contra Lula é como gato  votar em cachorro ou mosquito votar em inseticida.
-Você recebe bolsa  - família,seu bosta,vive do dinheiro dos meus impostos,por isso vota neste ladrão.
 - Paulista de merda,pensa que é gente,tudo filho de imigrante que veio pra nosso país morrendo de fome...
- Ignorante é isso,esses nordestinos cabeça chata querem desmoralizar o nosso país de brancos e ricos.
E mais: puxa- saco, negro besta, bicha, gorda, vagabundo,vive ás custas do papai, canalha, pau – mandado,covarde,corno,safado,comunista etc.etc.etc...E por ai vai...
Acabou a galinha acabou o resguardo e ,agora ,o eterno país do futuro retroagiu para o passado e,com sorte  revogaremos a Lei Áurea, que aquela princesa besta e apaixonada por um crápula francês inventou só para sacanear  os paulistas plantadores de café.
Sempre governado pela elite e escravocrata pela própria natureza ,preconceituosa e segregadora,a classe dominante nunca governou para o povo nem nunca quis vê-lo  feliz;sempre quis vê-lo acomodado,dizendo sim como vaca de presépio e muito agradecido pelas migalhas recebidas.
Haja visto a periferia “agradecer” ao prefeito e ao governador por obras que eles tinham obrigação de fazer.
Quem luta pelos pobres e desafortunados nunca teve bom fim,isto desde Cristo,passando por Spartacus,os irmãos Graco,bem,a lista é grande.
As pessoas se retiram apressadas ou  põem o dedo em riste na minha cara,ou ficam incomodadas quando eu digo que vivemos numa escravidão disfarçada e pior do que a escravidão negra.Estudiosa dos tempos coloniais percebi que os escravos que viviam e trabalhavam na senzala tinham casa ,comida e roupa lavada,eram bem tratados ( claro ,havia o tronco e o chicote que ainda há ,porém ,disfarçado de agressões verbais e o fantasma das demissões ),nos engenhos de açúcar ,na Bahia, tinham a liberdade de crença  ,com os malês, tinham escola e capela e ,no fim,até recebiam uma gleba para trabalhar para si  , plantando e vendendo a cana para o senhor do engenho;estes formaram a classe média  brasileira .
Agora,vai me dizer que o brasileiro que ganha salário mínimo , sai ás seis da manhã de casa para apanhar um ônibus lotado onde viaja pior que gado,paga aluguel, vai ao mercado, não tem boas escolas para os filhos e daí vai constituindo novas gerações de  escravizados ,não podem ter lazer,nem ler livros pois a grana não chega, vai me dizer que vive melhor?
Não,não estou fazendo a apologia da escravidão só estou afirmando que ela existe ,só que diferente.Comprados,hoje,só deputados e senadores.Percebes?
Todos sabemos que nosso sistema político é escravagista, segregador e inoperante.Mas,não é caminhando e cantando que o destruiremos.
É indo á luta!

O LIVRO "A BAHIA DE OUTRORA" AGORA É DIGITAL

COMPRE PELO KINDLE  NO AMAZON



COMPRE NA VERSÃO CD COM MÚSICA E FOTOS COLORIDAS DA BAHIA
EDIÇÃO ESPECIAL
ENTREGUE NO SEU ENDEREÇO EM QUALQUER LUGAR DO BRASIL
PODE SER LIDO NO NOTE - BOOK OU PC
APENAS $15.00 + FRETE

👪 VENDIDO EM TODO O MUNDO
BARCELONA
PARIS
LISBOA
LONDRES
MADRI
ROMA
BREVE PODERÁ ESTAR NA SUA CASA.

VÍDEO "A BAHIA DE OUTRORA" ,DE MIRIAM DE SALES












A Bahia de Outrora de Miriam Sales