sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

MENSAGEM DE BOAS ENTRADAS(COMO SE DIZIA NA BAHIA DE OUTRORA)

QUE O NOVO ANO TRAGA A PAZ
NECESSÁRIA PARA A CRIAÇÃO.
QUE NOS TRAGA AMOR,COMBUSTÍVEL PARA A VIDA.
QUE NOS TRAGA A ESPERANÇA
POIS,SEM ELA,TUDO CANSA.
QUE NOS  TRAGA   O PÃO DE CADA DIA
SE POSSÍVEL COM UM POUCO DE QUEIJO E PRESUNTO.
...QUE NÃO NOS FALTE A SAÚDE
PARA APROVEITAR TUDO ISSO!
MUITO AXÉ PARA VOCÊS,MEUS LEITORES,AMIGOS E SEGUIDORES.
MEU MAIOR DESEJO:ESTAR COM VOCÊS EM 2011.
 BEIJOS

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

CRÔNICA DE nATAL!



Confesso que andei meio desanimada com o Natal.Até hoje,minha casa nada tinha que lembrasse essa data,nem presépios,nem árvores montadas.Nem o Anjo tinha sido desembalado,nem flores compradas.
Meu marido recordou-me:
-Vamos  até a Perini comprar a nossa ceia! Ceia simples,de dois velhos  que deixaram as esperanças para trás, sem o bulício das crianças em casa,filhos crescidos,netos nas casas dos pais...
Um peru,farofa de  manteiga e ameixas,pães natalinos e champanhe.
Cedo sentei-me no computador e emocionei-me com os votos de carinho recebidos de inúmeros amigos. Enquanto os lia,ouvi o pregão.Eram as mulheres que vendiam pitanga.Vinham de longe,acordavam cedo,apanhavam um ônibus e,a muitos quilômetros das suas casas humildes,percorriam os bairros ,apregoando pitangas e são-gonçalinhos.
-Olha  a pitanga!
-Comprem pitanga e são-gonçalinho!
Corri ao portão. Acenei para a mulher que atravessou a rua,tentando enxergar os carros que passavam ,afogada que estava pelas maçarocas de folhas de pitanga;uma floresta ambulante.
Comprei vários molhos e o cheiro do são – gonçalinho me fez chorar.É um aroma indescritível que lembra natais mais felizes quando eu ainda era criança e tinha minha mãe e recebia tantos presentes;ou,já esposa e mãe,com meus filhos pequenos,no afá de arrumar a casa,enfeitar a árvore,separar e embalar presentes,fazer o bolo e assar o peru,sob os olhos curiosos e esperançosos dos meus seis filhos.O olhar de uma criança esperando seu presente de Natal!Como esquecer!?O cheiro da pitanga e do são – gonçalinho,os cheiros do Natal,renovaram minhas energias ,devolveram-me o ânimo.A felicidade viaja através das pequenas memórias e consiste em estar bem consigo mesmo e procurar não fazer mal a ninguém.
Vivo procurando a criança que fui,que esperava o Papai Noel e pendurava sapatinhos na janelas;pois,a mulher que sou hoje estava embrionária na criança que um dia fui.
Creio que o Menino,se tivesse nascido aqui,adoraria despertar numa manjedoura  perfumada e até dispensaria o incenso a mirra e o ouro,porque o Menino é tão simples e risonho que acha beleza e harmonia nas pequenas coisas.
Porque não imitá-lo e passar um  Natal feliz cheio de simplicidade e amor,fazendo a doação das nossas alegrias e esperanças para aqueles que já desistiram da vida.
FELIZ Natal!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

TRADIÇÕES DO NATAL :O PRESÉPIO


Devido ao Censo ordenado pelo Imperador Augusto,a família de Jesus teve que se deslocar para Belém da Judéia e,como era de se esperar,não encontrou acomodações dignas para Maria,grávida de nove meses.
Aflito,José os acomodou numa gruta ou cabana,fazendo uma caminha de palha para o Menino,nascido há pouco.
Este lugar,sem conforto,mas,limpo e seco,era onde se colocavam os animais para descanso e se chamava presépio,ou curral,ou  estábulo.
A primeira representação do presépio  ligado ao nascimento de Jesus,foi feita na Itália,no sec.XII,por São Francisco de Assis,em forma de teatro popular. Difundido por toda a Europa cristã,no sec.XVI,teve,em Portugal,o seu ápice,com as autarquias bancando a festa,como na Vila  Nova de Famalicão,cujo presépio era considerado o mais belo.
Dele constava a Sagrada Família, anjos,animais,como a vaca e o burrinho,além de figuras portuguesas típicas como o moleiro e seu moinho,a lavadeira,os bailarinos,a mulher com o cântaro na cabeça,as figuras em barro,verdadeiras obras de arte.
No Brasil do sec. XVIII,os presépios eram parecidos com os portugueses;os pintores,encarnadores de imagens,artistas populares,se esmeravam na confecção das figuras. Cidades,montes,rios,tudo era fabricado e formava o cenário propício à tão bela tradição.
As encomendas eram muitas e os ganhos, fartos.
Ganhadeiras, trazendo grandes tabuleiros à cabeça,apregoavam esses artefatos,chamando a atenção dos compradores balançando um chocalho de folha de flandres e cantarolando:
As barras do dia
Já vem clareando;
Que belo menino
Na Lapa,chorando.
Era a certeza que o Natal vinha chegando.
Igrejas, conventos e casas de família armavam seus presépios cada uma querendo ser melhor que o  outro,para isso não medindo esforços nem gastos.
O mais afamado presépio da época era o da Soledade, pela beleza das figuras,obra do grande escultor Bento Sabino dos Reis.
Nesta época,em Portugal e quiçá,na Bahia,o presépio era armado no Advento,porém,sem o menino,colocado na noite de 24 de dezembro,após a Missa do Galo.
Logo cedo, toda a família,escravos,agregados se mobilizavam para  a construção do presépio;os fâmulos saiam á busca das folhas de pitangueira,pinhas  e das frutas do Natal que colocavam sobre uma mesa,os galhos arqueados formando  arcadas,enfeitados de flores silvestres e pequenos frutos.
No interior da Lapa, formada,quase sempre de papel grosso pintado de tinta marrom,repousava o Menino,entre palhas,de um lado a Virgem,do outro,São José,os demais personagens,os pastores e os Reis Magos,em profunda adoração.

Pessoas embasbacadas abriam a boca de admiração: estava lá o monte escarpado,as águas cristalinas,correndo sinuosas,tendo ao fundo a cidade de Belém com suas torres,zimbórios e fortalezas;os três reis com seus criados;animais de carga.Diversas árvores e arbustos,animais de criação,pastores com oferendas,figuras portando túnicas de linho e sandálias.
No alto,céu de estrelinhas douradas,feitas de papelão e areia brilhante,nuvens de algodão.
Contempla o quadro divino
São José,ajoelhado,
E a Santíssima Maria
De Jericó, meiga flor.

As moças e matronas da família, além das visitas,cantavam:
Santo,santo,santo
Hoje é quem brilha
Salve  o Verbo Encarnado,
Deus e maravilha.
Depois, seguia-se a lauta ceia com muitas iguarias, o vinho do Porto,os frutos saborosos e carnudos,o roxo vinho Figueira,os licores,a doçaria;bebia-se à saúde da dona da casa e até ao Deus Menino. Depois, uma animada função,como se chamavam os bailes ,que se prolongavam até o amanhecer, pois,nesta noite feliz,ninguém dormia.

Este e outros textos sobre tradições antigas estão no livro A BAHIA DE OUTRORA",desta autora,um dos mais vendidos em 2010.Procure nas livrarias.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CONVITE


A Academia de Cultura da Bahia, a F ederação das Academia s de Letras e Artes da Bahia (FALA, BAHIA), A Faculdade 2 de Julho, a Faculdade Hélio Rocha, o Instituto Geraldo Leite e a Academia Maçônica de Letras da Bahia, convidam à solenidade de posse que ocorrerá dia 17/12/2010 (sexta-feira) a partir das 16:00 hs na Capela do Colégio 2 de Julho – R. Leovigildo Filgueiras 81 (Garcia), estacionamento gratuito e com segurança, entrando na esquina em frente ao Colégio Antônio Vieira (R. Cônego Pereira Marinho) e procurar o portão azul que dá entrada ao pátio da F2J.
Eleitos à ACB: Alcides Lisboa (maestro que se apresentará com o Coral da EMBASA), Antônio Ricardo da S. Benevides, Eurípedes Barbosa Ribeiro, Evandro Falcão Vieira, Ivone Alves Sol, Josenice Góis de Almeida, Lucas Carneiro de Lima e Silva, Ludmyla Rodrigues da Silva, Políbio Hélio Lago, Kátia Cunha M. Moreira dos Santos, Kátia Borges.
Eleitos à Academia Internacional de Letras, Ciencias y Artes, sediada em Buenos Aires – Argentina: Geraldo Leite, José Alconso da S. Filho, Lucymar dos Santos Soares, Míriam de Sales Oliveira, Valdeck Almeida de Jesus e Sandra Stabile.
Homenageados: Geraldo Leite, ex-magnífico reitor da UEFS, lançamento (na ocasião) do Prêmio Geraldo Leite de Vídeo (DVD) 2011, pela ACB, Aurélio Schommer (Câmara Bahiana do Livro), Anaci Bispo Paim, ex: magnífica reitora da UEFS, secretária de Educação da Bahia e de F. de Santana, atual presidente da Acad. de Educação de FS, Domingos Leonelli, ex-deputado federal (PSB) e secretário de Turismo do Est. da Bahia, deputado Álvaro Gomes (PC do B), autor do PL que isenta o consumidor da taxa extorsiva em telefones fixos, deputado federal Severiano Alves (PMDB), autor de PLs que beneficiam o professor e de Moção de Congratulações à ACB no Congresso Nacional, Elena Sahno, visitante russa, universitária e pesquisadora, Jair Tércio Cunha Costa, Grande 2º Vigilante da Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia, Ma. Da Conceição Santos Caldas e Mônica Cestari (Espaço Terapêutico Anastasis – Barra), Jackson Rubem – fundador Academia de Letras de Irecê – BA.
Educadores do Ano 2010: Josué da Silva Mello (Colégio e F2J) e Tecla Dias de Oliveira Melo (Faculdade e Colégio 2J).
Lançamento dos livros: 1. O Violeiro da Espiral, autor Carlos Pitta, músico, poeta e cantor. 2. Idílio do Cactus Empedernido, autor Lucas Carneiro de Lima e Silva (recipiendário). 3. Poemas Filosóficos, autor Evando Falcão Vieira (recipiendário), As Filhas do General, livro digital de Miriam de Sales Oliveira.
Exposição e Participação no Festival do Livro: Sangue de Irmãos, autor José Aras. A Bahia de Outrora, escritora Míriam Sales. Alegria de Viver, escritor Ricardo Benevides (recipiendário). Reminiscências, autor Geraldo Leite (Pres. da Fundação José Silveira e do Instituto que tem o seu nome). Maktub (e-book), autora Míriam Sales. Lampião na Bahia e o DVD Euclides da Cunha e a Bahia, ambos de Oleone Coelho, co-direção do filme com Carlos Pronzato. Euclides da Cunha e o Sertão de Canudos, autor José Dionísio Nóbrega (membro da co-irmã ALAS, Acad. de Letras e Artes do Salvador. Amores Dispersos e Outros Versos, escritor Eurípedes Barbosa (recipiendário). Livros do Catálogo do acadêmico Elvino Almir Tosta. A Yoga de Jesus (“Eis que o Reino de Deus está Dentro de Vós”), autoria do sábio hindu Paramahansa Yogananda, fundador em 1920 da Self – Realization Fellowship (www-yogananda-srf.org).
Menção Honrosa: Prof. de Física Marival Chaves, projeto EDUCA BAHIA. Profa. Lélia Oliveira – Pres. ALA/FS. Professores Gildásio Freitas e Marivaldo Paixão, respectivamente presidentes da ALARME e da ALALF. Prof. Luiz Barreto Vieira, Ciência da Espiritualidade, ex-diretor do Colégio Central da Bahia. Madalena Lima, poetisa, alegria da ACB, cantora. Conferência: “Meu Deus, Estamos Matando o Planeta! Ainda há tempo?!” A ser proferida pela Psicóloga, acadêmica, Profa. titular da UNEB, Eliane Quadros. Saudação aos Recipiendários e Homenageados: Dr. Dorival Ferreira da Silva (membro da ACB e da ALARME). Apresentação do Coral da EMBASA com temas natalinos, regência do Maestro e pianista Alcides Lisboa (recipiendário). Manifesto de apoio pela ACB e instituições promotora do evento ao Plano Nacional do Livro e Leitura do Governo Brasileiro (Min. da Cultura e de Educação – www.pnll.gov.br e www.prolivro.org.br, bem como divulgação e apoio ao Prêmio Ma. Tereza Pacheco, parceria da ACB com Inst. Geraldo Leite, Fund. José Silveira, Inst. Médico Legal Nina Rodrigues, UFBA, UCSAL, Escola Bahiana de Medicina, Acad. de Polícia Militar, ABM, CREMEB, Acad. Baiana de Educação, Acad. de Educação de FS e CLISA. Inf. sobre o Prêmio: www.fjs.org.br e ou centrodepesquisa@fjs.br.

Benjamin Batista de Macedo Filho
Pres. da Academia de Cultura da Bahia e da FALA, BAHIA

Josué Mello
Diretor do Colégio e da F2J

Hélio Rocha
Diretor da FHR Geraldo Leite
Pres. do Instituto Geraldo Leite

Antônio Francisco Costa
Pres. Academia Maçônica de Letras da Bahia

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

OS DEZ MANDAMENTOS DO BAIANO!

                                                                            Viva para descansar.

                                                               Se vir alguém descansando,ajude.

                                            Descanse de dia para poder dormir bem à noite.

                                                                        Sua cama é seu templo.

                                                             O trabalho é sagrado;não toque nele.

                               Nunca faça amanhã aquilo que pode fazer outro dia.

Trabalhe o menos possível;deixe que outra pessoa faça por você;por exemplo,o paulista.


                       Ninguém nunca morreu por descansar,mas,pode morrer de trabalhar.

Quando sentir necessidade de trabalhar pare,respire fundo e espere que passa...


                          Não se esqueça:trabalho é saúde,deixe para os doentes.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O QUE É QUE A BAIANA TEM? POESIA!








Os escritores Leandro ,Miriam,Sol e Sandra no "Fala Escritor".


SERENA EXPLOSÃO /
Para Miriam Sales//

Diz-me da fonte que jorra em teus dias /
Da beleza implícita na flor em botão /
Que rebenta nos campos da poesia /
Que sucede da tua alegria, feito canção//

Conta-me dos anos que passam /
Enquanto tu vives /
Da criança que realça /
Os teus matizes /

Porque és encanto /
E em todos os cantos te cantam... /
Enquanto dançam as nuvens /
Nos empíreos que te alcançam //

És tempestuosamente bonança /
Serena explosão de vigor /
Esplendor que dimana /
Da essência frenética do amor //

Deixa que passe os anos /
Que os dias sigam seu curso /
Tu não passas, e teu encanto /
Esparge a vida e é profundo //

Ivone Alves Sol


Olha só o mimo que recebi da poetisa baiana Ivone Sol,no dia do meu aniversário!
Viram que versos tão belos?
Três amigos: Ivone Sol,Miriam Sales e Eurípedes Ribeiro

A Bahia tem riquezas que nenhuma terra tem,especialmente,sua gente!...


MENSAGEM DOS AMIGOS:



3/12/10 10:45 - Andriz Petson

RAIO DE SOL QUE EU E SOL TANTO AMA...VIVA ALEGRIA...EM BRANCOS CABELOS
QUE COMO ESPELHOS REFLETEM NOSSA HUMANIDADE...TRAZENDO A COMPAIXÃO EM
UMA ÚNICA IDADE...A DE SER POESIA LIRISMO E LUZ...ESSA SUA DOCE IMAGEM
QUE A TODOS SEDUZ !!!




3/12/10 17:33 - Marina Gentile BAHIA

Querida Miriam, bela baiana, cidadã do mundo. Cidadã das letras,
cidadã que merecidamente tem nosso carinho. A vc um beijo.




03/12/10 15:31 - Sandra Stabile


É sempre bom ler seus textos aprendo muito com eles,Deus te abençõe
sempre e te cuide,t amo em cristo amiga.
Parabens por tudo ,pela vida,por saber viver e respeitar a todos por
igual.
Beijosss

2/12/10 09:08 - Rejane Chica

Vim deixar os parabéns pra uma rainha baianinha!Tuuuuuuuuuuuuudo de
bom, felicidades SEMPRE!!!beijos,chica